Registro de funcionário em Comunidade Terapêutica

Uma das duvidas mais frequentes nas Comunidades Terapêuticas é como fazer o registro do(a) funcionário(a) que trabalha diretamente com os residentes.
Alguns dos nomes que mais frequentemente ouvimos são: conselheiro, monitor, agente, obreiro, professor, educador e outros que talvez estejam sendo usado para definir essa profissão.

Dentro da CBO há uma classificação para trabalhadores de atenção, defesa e proteção a pessoas em situação de risco que é o código 5153 e para as pessoas que atuam em Comunidade Terapêutica diretamente com os residnetes o código correto para o registro é 5153-15 – Monitor de dependente químico

A Descrição Sumária dessa profissão diz que:
Visam garantir a atenção, defesa e proteção a pessoas em situações de risco pessoal e social. Procuram assegurar seus direitos, abordando-as, sensibilizando-as, identificando suas necessidades e demandas e desenvolvendo atividades e tratamento.

As competencias pessoais dessa profissão:
01 – Trabalhar em equipe
02 – Servir de exemplo
03 – Inspirar confiança
04 – Buscar identificação e empatia
05 – Despertar esperança
06 – Exercitar atividade de escuta
07 – Agir sob pressão
08 – Demonstrar capacidade de compreensão
09 – Contornar situações adversas
10 – Demonstrar Entusiasmo
11 – Respeitar diferenças
12 – Demonstrar criatividade
13 – Assumir riscos
14 – Demonstrar coragem
15 – Demonstrar persistência
16 – Tomar decisões
17 – Demonstrar facilidade de comunicação
18 – Administrar conflitos
19 – Demonstrar auto-controle
20 – Demonstrar capacidade de negociação
21 – Permanecer em estado de alerta

Baixe aqui a Tabela de Atividade da Família Ocupacional 5153
Tabela Atividade_5153

Seja uma Comunidade Terapêutica Legal, registrando corretamente os funcionários. Em breve estaremos trazendo novas informações acerca dessa profissão como carga horária, salário base, pré-requisitos e requisitos desejáveis.

O Fórum Catarinense de Comunidades Terapêuticas tem contribuído significativamente para o avanço e as melhorias das CT´s, também nas questões legais.

Pedimos também que caso haja algum contador ou jurista que possa dar sua contribuição nesse assunto, favor fazer os devidos comentários desse post.

Fique atento, faça seus comentários e vamos juntos construir a padronização das Comunidades Terapêuticas.

Fonte: http://www.mtecbo.gov.br/cbosite/pages/pesquisas/BuscaPorCodigo.jsf

Arsanjo Paul Colaço
Presidente da ACCTE – Associação Catarinense das Comunidades Terapêuticas
E-mail: accte@accte.org.br

Esta entrada foi publicada em Leis. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Uma resposta a Registro de funcionário em Comunidade Terapêutica

  1. gostei muito do relatório de atividades e esclarecimento do MD.
    Permito que me enviem por e-mal todas as atividades da Associação, se precisar pode contar comigo em participações com gestores e outros.
    Att,
    Eni. Izabel
    Coordenadora – CASA DE APOIO LIBERDADE
    Presidente – COMAD/SJ
    (48) 3246-4332/8425-0352

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>